O terror insano de SKYND
26/02/2022 22:48 em Blog da Lana Insana

Esse furacão de mulher é o tema de hoje em meu artigo, e podem acreditar, ela causa impacto por onde passa.

A proposta da SKYND é mergulhar no abismo sinistro da alma humana. E esse tema envolvendo insanidades e todo o poder misterioso da força dantesca da loucura, é algo que me fascina!

A cantora e compositora se dedica aos estudos da maldade humana, e faz isso analisando profundamente a cabeça de assassinos cruéis e suas atrocidades. O que ela faz é interpretar pessoas que deixaram sua humanidade para trás. E é tão atraente em seus vídeos que, por mais assustadores que podem ser, nos força a continuar olhando.

A origem do nome “Skynd”, que ela adotou como pseudônimo artístico, é igualmente assombroso. Esse era o nome do amigo imaginário dela, que em sua infância contava para ela histórias terríveis sobre tortura. E isso serviu como inspiração para que ela se dedicasse a documentar casos da vida real, que é o que ela faz hoje através da música.

Entre os vídeos que ela já lançou, um bastante impressionante fala sobre o mistério em torno da morte de Elisa Lam – uma moça do Canadá que em 2013 ficou conhecida por ter se afogado “acidentalmente” no Cecil Hotel, em Los Angeles, e cujo corpo foi encontrado dentro da caixa dágua do hotel.

O interessante é que, apesar de estarem abertas, era praticamente impossível entrar nas caixas d’água do Cecil Hotel, tanto que foi preciso cortar a estrutura para tirar o corpo da Elisa de lá.

Mas o mistério não para por aí! A câmera do hotel registrou o exato momento que a jovem subiu até o terraço usando o elevador, ou ao menos tentou subir. E o comportamento dela é muito bizarro!

Elisa não tinha sinais de drogas ou álcool nos exames toxicológicos, e o corpo dela não tinha nenhum sinal de violência. Ela apenas começa a apertar todos os botões ao perceber que o elevador simplesmente para de se mover com ela dentro! E parece assustada, como se estivesse se escondendo de alguém. Até que ela sai do elevador e começa a fazer uns gestos estranhos, parecendo que estava falando com alguém, mas de uma maneira muito estranha! E depois some. Veja abaixo o registro desse momento na câmera de segurança do hotel:

O que é ainda mais assustador sobre esse hotel é que vários serial killers se hospedaram nele, e muitos hóspedes dizem que o local é assombrado.

E é nesse clima que conhecemos o trabalho de SKYND – assassinatos, turbulências do ambiente e mistérios sobrenaturais.

Eu nunca vi na área musical falarem de temas como esse de forma tão profunda e analítica. Acho que artistas como Skynd nos fazem pensar sobre o real significado das maldades por trás da alma humana. No campo psicológico a loucura é muito difícil de ser interpretada, mas sempre tem uma origem, que pode ser um trauma, ou até mesmo algo sobrenatural que simplesmente enlouquece mentes que não estão preparadas para certos impactos do desconhecido.

Abaixo, deixo um vídeo da Skynd, com o tema do massacre de Columbine. Sugiro que vejam também os outros vídeos. Tem um que tem até a participação especial de Jonathan Davis – vocalista do Korn (outro doido de pedra! kkkk Adoro!!!).

E ouçam meu programa – Dekadance, sempre às 9h. Eu sempre toco Skynd por lá ;-)

 

 Artigo por: Lana Insana.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!

Conheça nossa editora: